TARTARUGA: A ESCURIDÃO DE UM PASSADO QUE ASSOLA O PRESENTE

  Redação  |  20/08/2019
1.431 visualizações

Todos vimos como o Distrito Federal sofreu quando foi deflagrada a operação tartaruga no Governo Agnelo.

Em meio a diversos sofrimentos que a categoria vem suportando como a troca do uniforme sem ouvir a tropa, outras categorias com o serviço voluntário sem imposto de renda, redução nas turmas de CAP, a proposta de aumento da policia civil já enviada e a nossa não, arrocho na tropa como nunca foi visto antes, até guerreiros da reserva sendo expulsos (fato nunca acontecido antes), o hospital em vista de ser compartilhado, a falta de plano de carreira para as praças, nomeação de comandante geral sem o representante da categoria ser ouvido e etc, a redução de interstício é vista como a única válvula de alívio para que não seja deflagrada tal operação que uma vez iniciada todos sabem que não há arrocho que a faça ser retomada, não há gratificação que a segure e ainda que consiga o governo já estará queimado como todos vimos nas urnas na época Agnelo.

Assim esta Associação por meio desta publicação requer que o governador ponha a mão na consciência e nos trate com respeito, a categoria não é burra, se fosse para ouvir desculpas teríamos reeleito o ex Governador Rollemberg que mal assessorado se furtou de vários compromissos com a tropa por orientações de quem não reflete o piso da categoria ou tinham outros interesses que estavam sendo atendidos.

Cabe ressaltar que agora em agosto a polícia civil foi promovida e não foi falando em nenhum momento em problemas com o TCDF.



Cadastre-se agora mesmo. É Rápido e Gratuito!

Benefícios e Convênios exclusivos!